Rato e Camundongo

Os roedores são mamíferos de hábitos alimentares onívoros que têm como principal característica, fortes dentes incisivos que crescem continuamente. O ato de roer ajuda a desgastá-los. Dentes caninos e pré-molares são inexistentes, havendo no local um espaço denominado diastema, que lhes permite roer materiais não alimentares sem colocá-los na boca.

Eles têm habito noturno e necessitam de habilidades sensoriais especiais para se moverem livremente, encontrarem alimento e fugirem de predadores no escuro. O olfato, por exemplo, é bem desenvolvido. Por onde passam, deixam odores servem para a orientação de outros indivíduos da colônia.

Roedores têm alta taxa reprodutiva, rápida maturação sexual e grande número de filhotes por gestação, porém o crescimento populacional pode ser limitado por fatores como a disponibilidade de alimentos. Para controlar roedores, além do uso de raticidas é necessário eliminar os meios de sobrevivência através do saneamento ambiental.

Ratazanas

Rattus novergicus possuem pêlos ásperos, patas com membranas interdigitais, orelhas pequenas e arredondadas e olhos pequenos em relação ao resto da cabeça. Estes roedores são ótimos nadadores e escavadores que vivem em tocas perfuradas na terra ou em locais protegidos juntos a estruturas de concreto. Geralmente são encontrados em beiras de córregos e rios, rede de esgoto e fluviais, depósitos de lixo, etc. Várias tocas podem se comunicar, formando um complexo de túneis para a movimentação dos roedores. Estes roedores vivem em grandes grupos e possuem raio de ação de aproximadamente 30 a 45 metros em relação ao abrigo. Podem subir ou saltar, mas não são tão habilidosos para escalar quanto os outros tipos de roedores comensais. Seus hábitos alimentares são onívoros, mas preferem cereais, carnes e lixo caseiro. Atingem a maturidade sexual entre dois a três meses de vida e podem viver por aproximadamente dois anos. Cada fêmea, durante toda a sua vida pode ter de 38 a 114 filhotes.

Ratos de telhado

Rattus rattus possuem olhos e orelhas grandes e salientes em relação à cabeça e patas com calos estriados e sem membranas interdigitais. A grande cauda auxilia no equilíbrio já que têm grande capacidade para escalar. São também bons nadadores. Geralmente vivem em lugares altos, mas também podem ser encontrados junto ao solo, onde não existem ratazanas. Seus hábitos alimentares são onívoros, mas preferem cereais em grãos, frutos e vegetais. Estes roedores vivem em pequenas colônias e só formam grandes grupos em condições especiais como nos lixões. Apresentam um raio de ação de aproximadamente 30 a 60 metros em relação ao abrigo. Atingem a maturidade sexual entre dois e três meses de vida e podem viver por aproximadamente um ano e meio. Cada fêmea, durante toda a sua vida pode ter de 18 a 70 filhotes.

Camundongos

Mus musculus são pequenos roedores com olhos e orelhas proeminentes, patas escuras e sem membranas interdigitais. Costumam fazer ninhos em cantos de paredes, em amontoados de materiais ou em pequenas tocas no chão quando em área externa e possuem um raio de ação de três a nove metros em relação ao abrigo. São bons nadadores e escaladores, podendo passar por vãos com facilidade. Uma característica que os distingue dos outros tipos de roedores comensais é a neofilia. Seus hábitos alimentares são onívoros, mas preferem cereais e sementes. Estes roedores vivem em pequenos grupos. Atingem a maturidade sexual entre um e dois meses de vida e podem viver por aproximadamente um ano. Cada fêmea, durante toda a sua vida pode ter de 24 a 57 filhotes.

Reconhecido por: